Felinos

 

Leão

 

Panthera leo


 

Galeria de Fotos
NOME VULGAR: Leão (macho) Leoa (fêmea)
NOME CIENTÍFICO: Panthera leo
REINO:
Animal
FILO: Chordata
SUBFILO: Vertebrata
CLASSE: Mammalia (mamíferos)
SUBCLASSE: Theria
ORDEM: Carnívora
SUBGÊNERO: Leo
GÊNERO: Panthera
FAMÍLIA: Felidae
SUBFAMÍLIA: Feloidea
ESPÉCIE: Leo
SUBESPÉCIES:
ÁFRICA

Norte da Africa – Panthera Leo Leo (Leão-do-atlas). Extinto de 1922.
Zaire – Panthera Leo azandica
Angola – Panthera Leo bleyenberghi -(Leão-do-catanga). Muito ameaçado.
Africa do Sul – Panthera Leo krugeri
Leste da Africa – Panthera Leo nubica
Oeste da Africa – Panthera Leo senegalensis (Leão-do-senegal). Muito ameaçado.
Quênia e Tanzânia – Pahnthera leo masssaicus (Leão-dos-massais)- Protegido. é no entanto caçado.
ÁSIA
Floresta de Gir, India – Panthera Leo persica (Leão-da-índia) – Exemplares vivos: 200, na índia (reserva de Gir). A sua caça é proibida.

OUTROS NOMES:

Inglaterra e USA – African Lion (macho) lioness (fêmea)
França – lion d’Afrique
Alemanha – Löwe
Espanha – león
Amharic: Ethiopia – ambessa
Chichewa: Malawi – nkharam
Damara: Namibia – xamm
Hausa – zaki
Nepal – hiun chituwa
Ibo, Yoruba: Nigeria – odum, aja
Ju/hoan Bushman: Botswana, Namibia – n!hai
Kikuyu: Kenya – ngatia, muruthi
Lingala: África Ocidental – ngouambulu
Luo: Kenya, Uganda – labwor
Maasai, Samburu: Kenya, Tanzania – olugatany
Setswana: Botswana – tau
KiSwahili – simba
Somalia – aar, baranbarqo, libaax, gool, davar

DESCRIÇÃO: Macho: juba imponente. Pelame curto, de ocre-prateado a marrom escuro; ventre esbranquiçado.
DIMENSÕES: macho: de 2,6 a 3,3 m; fêmea: de 2,4 a 2,7 m
CAUDA: 60 cm 1 m de comprimento. A cauda do leão termina num tufo de pêlos negros, espessos, que ocultam uma excrescência córnea, em forma de esporão, com 6-12 mm de comprimento. Ao agitá-la, ele tenta afugentar as moscas, suas inimigas. Mas tais movimentos também podem significar raiva ou mau humor.
PESO: macho: 150-250 kg: fêmea: 120-185 kg.
ALTURA DO QUARTO TRASEIRO: De 95 a 102 cm (macho) 85 cm (fêmea)
MANDÍBULAS: Munidas de maxilares pequenos e fortes e de dentes terríveis. Próprias para capturar presas. Munidas de caninos com cerca de 6 cm, de incisivos curtos e de ferozes dentes trífidos.
PATAS: Providas de almofadas plantares e de garras retrateis devido a um sistema de ligamentos.
JUBA: Por vezes muito luxuriante, dá a sensação de grande volume, mas sem aumento de peso. De cor clara, começa a crescer no jovem macho aos 2 anos. No fim de 5-6 anos, pode atingir 24 cm de comprimento. Com o passar dos anos começa a escurecer, principiando por trás, e varia do amarelo-claro ao preto, passando pelo vermelho e o marrom.
RUGIDOS: Diz-se que o rugido do leão é o mais aterrador e o mais grandioso dos sons dos animais selvagens. Em condições favoráveis, este rugido, que se propaga em sons fortes, roucos e violentos, pode ser ouvido a 8-9 km de distância. O leão ruge mais freqüentemente ao anoitecer, para avisar aos outros que o território está ocupado.
FOCINHO: O focinho dos leões, tanto do macho como da fêmea, possui pêlos curtos brancos no queixo, na extremidade das mandíbulas e em torno dos olhos.
OLHOS: A cor da íris dos olhos passa do dourado ao castanho, consoante a idade e a luminosidade. Ao caçar, o leão utiliza mais a visão e a audição do que o sentido menos desenvolvido do olfato.
VELOCIDADE: o leão, devido a sua grande massa muscular, não ultrapassa os 58 km/h
PEITO: Musculoso, compacto e flexível.
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA: Espalhado por toda a África e reserva de Gir, na Índia. Desapareceu da Índia e da Ásia Menor, onde também existiu.
HABITAT: savanas e regiões semidesérticas; até 3.000 m.
REGIME ALIMENTAR: carnívoro (predador e necrófago). É um dos maiores carnívoros; alimenta-se principalmente de zebras, veados, antílopes e girafas. Em média, uma fêmea precisa de 5 kg de carne por dia e um macho de 7 kg. Mas, na natureza, a caça tem um ritmo irregular e por vezes acontece deles ficarem sem comer durante dois ou três dias. Quando a caça é farta, são capazes de ingerir 20-30 kg de carne de uma só vez.
HABITOS: Tem hábitos crepusculares, caçando ao entardecer, de emboscada, perto dos rios e lagos.
ESTRUTURA SOCIAL: grupo comunitário com vários machos, não hierarquizado. Os machos lutam entre si para disputar a fêmea e vence o mais forte.
MATURIDADE SEXUAL: entre os 3-4 anos
DURAÇÃO DO CIO: 2 a 8 dias
ÉPOCA DE REPRODUÇÃO: todo o ano.
TEMPO DE GESTAÇÃO: 100-119 dias
Nº De CRIAS POR ANO: 1 ninhada por ano
RECÉM-NASCIDOS POR PARTO: 2-6, em geral 2-3
PESO AO NASCER: pesam cerca de 2 kg
CARACTERÍSTICA AO NASCER: nascem de olhos fechados. Os olhos abrem-se em torno do 10 ap 15º dia de vida e os dentes de leite nascem ao fim de três semanas. Só então eles começam a se mover automaticamente. Os dentes definitivos completam-se entre 9-12 meses.
AMAMENTAÇÂO: os filhotes são amamentados durante 6 meses.
LONGEVIDADE: em estado selvagem, cerca de 15 anos; em cativeiro, 30 anos
EXEMPLARES VIVOS: 200.000 na África, 200 na Índia (números aproximados – censo de 1997 – Enciclopédia Larousse)
EXEMPLARES NO BRASIL: 195 distribuídos nos zoológicos de todo o Brasil – veja o censo (1999) segundo a Base de Dados Tropical.
REI DOS ANIMAIS: O leão é chamado de “Rei dos Animais” pois, além de sua aparência majestosa, é a fêmea quem caça, abastecendo o bando; ao macho cabe proteger o território defendendo suas crias e fêmeas.

 

Gato Malaio
Um gato pouco conhecido

FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Carnívora
FAMÏLIA: Felidae
NOME COMUM: Gato malaio ou Gato-de-Cabeça-Chata
NOME CIENTÍFICO: Felis planiceps
NOME EM INGLÊS: Flat-Headed Cat
NOME EM ESPANHOL: gato cabeciancho
NOME EM FRANCÊS:
chat à tête plate
NOME EM ALEMÃO:
Flachkopfkatze
Características:
Comprimento: cabeça e corpo, 60 cm; cauda, 18 cm
Cor: dorso castanho; barriga branca
Pelo espesso
Crânio achatado no alto
TEMPO DE VIDA: 14 anos
GESTAÇÃO: 56 dias

O gato malaio tem um perfil muito engraçado. Sua grande cabeça é achatada e o focinho é comprido e levemente arrebitado. Suas orelhas são pequenas e redondas. Todos os seus dentes são pontiagudos, bastante apropriados para ele capturar e comer presas muito escorregadias, como rãs, peixes e crustáceos, que são seus alimentos favoritos.

O gato malaio é encontrado sempre junto da água, nas florestas tropicais da Malásia e de Bornéu. Caça a noite, pisando cautelosamente no chão da selva úmida. Muito pouco se sabe da vida natural desse gato selvagem, pois ele é muito arisco e não se deixa observar facilmente. Os cientistas também pouco conhecem sua forma de reprodução, pois esse gato nunca se reproduz em cativeiro.

Ao contrário dos demais felinos, exceto o guepardo, o gato malaio não pode recolher inteiramente as suas unhas. Pode, entretanto, retraí-las um pouco, de modo que elas não arranham o chão quando o gato faz sua caminhada. Suas pernas são curtas e as patas pequenas.

LEOPARDO ASIÁTICO

NOME COMUM: Leopardo Asiático ou Gato leopardo

NOME CIENTÍFICO: Felis [Prionailurus] bengalensis
SUBSPÉCIES:
P.b.alleni – Hainan Is. – China
P.b.bengalensis – India, Indochina
P.b.borneoensis – Borneo
P.b.chinensis – China
P.b.euptilurus – Korea, Leste da Siberia
P.b.horsfieldi – Sul de Kashmir
P.b.javanensis – Java, Bali
P.b.sumatranus – Sumatra
P.b.trevelyni – Norte de Kashmir

FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Carnívora
FAMÍLIA: Felidae

NOMES EM:
– INGLÊS:
Leopard Cat – Bengal cat 
FRANCÊS: chat léopard du Bengale
ALEMÃO: Bengalkatze Zwergtigerkatze
ESPANHOL: gato bengali, gato de Bangala
BANGLADESH: chita biral, ban bilar 
CHINES: jin chien mao, bao mao, shih hu, shan mao
AFEGÃO: psk jangley
I NDONÉSIA: kucing batu, kucing congkok 
ÍNDIA e PAQUISTÃO: chita billi 
KACHIN: nam laniao 
KANNADA: INDIA: huli bekku
KAREN, TALAIN: kla hla
LAOS: sua meo, sua pa, sua nak
MAHRATTI, GHATS: INDIA: wagati 
MALÁSIA: kucing batu, rimau akar
MYANMAR: kye thit, thit kyuk, kya gyuk 
FILIPINAS: maral, tamaral 
RUSSIA: Amurskii kot, bengalskaya koshka
SHAN: hen wap 
TAILÂNDIA: maew dao
CARACTERÍSTICAS:
Comprimento corpo:
40 – 90 cm
Comprimento do rabo:
aproximadamente metado do comprimento do corpo
Altura na cernelha:
20 – 45 cm
Peso: 3 – 8 kg ou mais
REPRODUÇÃO:

Período de gestação: 65 – 70 dias
Número de crias:
2 – 4 filhotes. Os pais ajudam a criar os filhotes.
Peso ao nascer:
75 – 95 gs

CICLO VITAL:

Desmame: aproximadamente 3 meses
Amadurecimento sexual:
fêmeas depois de 2,5 anos e machos com 2,5 anos
Acasalamento:
São relatados períodos de cobertura uma vez ao ano entre os meses de fevereiro e março, nas regiões frias. Nas regiões tropicais os acasalamentos ocorrem durante todo o ano. 
Tempo de vida:
12 – 15 anos

INIMIGOS: Leopardos, hienas, lobos e raposas.
ALIMENTAÇÃO: A dieta também inclui pequenos herbívoros, lebres, répteis, insetos, enguias, peixes e ocasionalmente carniça.

PAÍS DE ORIGEM: Ásia
DISTRIBUIÇÃO: Sua distribuição compreende deste a Índia até a Sibéria, chegando ao extremos Oriente do continente, inlcuindo o Japão, Filipinas e as ilhas menores da Indonésia.
HABITOS: possue hábitos noturnos, se mantem ativo do entardecer até o amanhecer, o que se torna raro vê-lo durante o dia.
Embora descritos como primariamente noturnos alguns animais monitorados por colares rádio-transmissores na Tailândia exibiram atividade diurna com muita frequência.
HABITAT: Habitante original das selvas de Bangladesh, Afeganistão, Burma, Camboja, China, Índia, Indonésia, Japão, Coreia, Laos, Sumatra, Bornéu, Malaysia, Nepal, Paquistão, Filipinas, Taiwan, Tailandia, antigas repúblicas da URSS e Vietnam.

CURIOSIDADE: Um fato interessante sobre o leopardo asiático é que ele é o unico gato selvagem utilizado, com sucesso, em programas de procriação híbrido para produção de gatos domésticos. Nos últimos anos ele deu origem à raça Bengali. O Bengali desenvolveu-se a partir de um programa americano de 1963, em que a geneticista Jean Sugden cruzou um macho doméstico com uma fêmea de gatopardo asiático, tentando transferir as marcas do gato selvagem para uma raça doméstica. Os primeiros espécimes de leopardo asiático chegaram aos EUA na década de 50.
APARÊNCIA FÍSICA: Assemelha-se à Jaguatirica , da América do Sul (Felis pardalis), sendo em geral de porte menor As variedades que habitam as regiões da antiga União Soviética (Felis euptilura) costumam ser maiores e de pelagem mais densa – são os gatos de Amur. Costumam ser de coloração marrom-amarelado nas regiões tropicais e marrom-acinzentado nas áreas mais ao norte. De fato há uma ampla gradação nas nuances de cores. O padrão de pelagem do leopardo asiático é pintalgado com spots escuros, algumas vezes sólidos, outras vezes exibindo rosetas, sendo a cauda listrada em negro, até a extremidade.
PROTEÇÃO: Caça proibida: Bangladesh, Hongkong, India, Indonésia, Japão, Malásia (exceto Sabah), Myamar, Nepal, Pakistão, Russia, Tailândia, Taiwan. Caça e Comércio controlados: Coréia do Sul, Laos, Singapura. Sem proteção legal fora das áreas de controle: Butão, Brunei, China, Filipinas, Vietnam Sem Informações: Afeganistão, Camboja, Coréia do Norte.

Em comparação a outros felinos, os gatos-leopardos asiáticos são comuns nas áreas em que habitam. Populações que vivem em ilhas são as mais vulneráveis. Nas Filipinas, onde o estado atual das florestas é o pior em toda a Äsia tropical o leopardo asiático sem dúvida enfrenta dificuldades. Provavelmente será extinto em Cebu, devido à extensa devastação das florestas, assim como já ocorreu em muitas outras ilhas da região. Estima-se que sejam menos de 100 nas ilhas Tsushima. Em Taiwan são capturados regularmente nas armadilhas de caçadores aborígenes.

AMEAÇAS: Tem sido desenvolvidos programas de reprodução em cativeiro para as populações das ilhas de Tshushima e Negros. Caça ilegal e exportação de pele na China. Outra ameça potencial é que os leopardos asiáticos cruzam espontaneamente com gatos domésticos que vivem em condição livre ou semi-selvagem.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s